quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Popplet

Existem à nossa disposição inúmeras ferramentas que têm o mesmo fim. Tratando-se da web2.0 onde, quase que diariamente, surgem e desaparecem ferramentas é sempre bom conhecermos mais do que uma. Já experimentei várias destinadas à criação de mapas conceptuais, mas fiquei agradavelmente surpreendida com o Popplet.
O Popplet é extremamente intuitivo e fácil de gerir. Basta aceder, criar uma conta e estamos prontos a criar os nossos mapas. Podem ser inseridos mapas (Google maps), imagens, vídeos e texto. O resto depende da nossa capacidade  de criação. Pode haver mais de uma pessoa a colaborar no mesmo mapa, sendo inclusive possível usar "nametags" para identificar quem adicionou o quê. Uma das características do Popplet que me cativou imenso foi a possibilidade de fazermos zoom e de criarmos apresentações com o nosso mapa conceptual. Para isso basta que, à maneira do Prezi, se defina previamente o caminho a seguir, depois é só clicar em "record" para se guardar o caminho definido e, em seguida, basta clicar em "play" para lançarmos a apresentação.
Depois de terminado facilmente partilhamos o nosso mapa quer através das redes sociais, ou através do download do mesmo como PDF ou imagem.

Como usar Popplet nas aulas?
Como qualquer outra ferramenta de criação de mapas conceptuais o Popplet, permite-nos:
- apresentar tópicos abordados em aula de uma forma simples, sucinta e clara;
- abordar vários tipos de relação (tempo, dependência, ordem, contradição);
- criar esquemas para prática de vocabulário;
- pedir aos nossos alunos que criem mapas conceptuais para apresentarem trabalhos, ideias relevantes, sobre tópicos abordados em aula.

Abaixo coloquei um mapa que criei. Podem seguir o link e visualizá-lo directamente no Popplet. Deixo-vos também um pequeno vídeo que mostra o mesmo mapa no modo de apresentação. Acedam e experimentem.

video


Share/Save/Bookmark

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

PuzzleFast

PuzzleFast é uma das mais simples ferramentas que conheço para criar "word search", "crosswords" e "scrambled words". Não é necessário qualquer registo, basta aceder, seleccionar o tipo de actividade que se quer criar, introduzir o vocabulário (e respectivas pistas) e prontamente temos acesso ao produto final, mais a correcção do mesmo, pronto a ser utilizado após impressão. O tamanho do nosso puzzle pode ser alterado, clicando nos botões "+" e "-" . É possível passar de um tipo de actividade para outro, bastando para isso voltar a seleccionar e clicar em "Make my Puzzle" outra vez. 

Como usar PuzzleFast nas aulas?
Este tipo de ferramenta é sempre útil para qualquer disciplina, pois permite-nos rapidamente testar a aquisição de vocabulário e de conceitos. 
Como sou apologista do pedir aos alunos para contribuírem para criação das tarefas da sala de aula, acho que toda a turma sairia beneficiada se fossem os próprios alunos a criar estas actividades para os seus colegas praticarem o vocabulário e conceitos relativos a tópicos abordados em aula. 
Outra actividade possível seria conjugar o PuzzleFast com o Easydefine e a Lexipedia e ir criando bancos de palavras que poderiam ser utilizados no puzzlefast ao longo do ano lectivo ou em "spelling bees" e actividades de escrita livre onde teriam de utilizar um determinado número de palavras do dito banco.

Abaixo coloquei uma "word search" que criei a título de exemplo. As pistas estão em português e os alunos teriam de encontrar na sopa de letras a tradução em inglês.

Share/Save/Bookmark

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Universal Subtitles

Universal Subtitles é uma ferramenta que nos permite adicionar legendas a vídeos online. É, sem dúvida, uma das mais simples e intuitivas que já experimentei até hoje. Para efectuar a legendagem basta aceder, inserir o link para o vídeo e depois é só ouvir e digitar as legendas. No modo mais simples, o Universal Subtitles faz uma pausa a cada 8 segundos para nos dar tempo para introduzir o texto. Se mesmo assim precisarmos de mais tempo podemos facilmente voltar atrás e ouvir de novo. O processo de legendagem divide-se em três fases: a primeira prende-se com o ouvir e inserir as legendas (convém ir clicando em "enter" com alguma frequência, para já ir segmentando o texto); o segundo tem a ver com a sincronização do texto com o áudio e o terceiro permite-nos editar e corrigir o texto introduzido. Depois de terminarmos facilmente partilhamos o vídeo,através das redes sociais ou o embebemos directamente no nosso site/blog.

Como usar Universal Subtitles nas nossas aulas?
Para além de podermos ajudar os alunos com dificuldades auditivas a compreender melhor os vídeos que seleccionamos para as nossas aulas, poderemos também criar actividades para prática de vocabulário - fornecer-lhes legendas erradas para eles corrigirem; deixar espaços em branco para preencherem - ou inserir questões e notas apontando para aspectos que queremos realçar. Sem esquecer que poderemos pedir aos nossos alunos para adicionarem eles próprios as legendas, que depois poderiam ser corregidas pelos colegas. Um trabalho interessante seria pedir-lhes que primeiro criassem o vídeo, sobre algum tópico abordado na sala ou simplesmente uma história inventada por eles e depois adicionassem as legendas que poderiam inclusive ser traduzidas para outras línguas que estivessem a aprender.

Abaixo coloquei um vídeo criado por Raul Reátiga sobre a família no qual introduzi legendas. Experimentem e decidam da sua utilidade para as vossa aulas.


Share/Save/Bookmark