quinta-feira, 30 de abril de 2009

Screencast-O-Matic

Screencast-O-Matic é um dos vários screencaster disponíveis na internet. Pessoalmente, já experimentei Jing, Wink e ScreenToaster, mas gosto da simplicidade do Screencast-O-Matic. Não é necessário qualquer download. Registamo-nos no site e podemos começar os nossos screencasts. Clicamos em "Create", seleccionamos o tamanho do ecrã da captura, o microfone e depois é só clicar em "Go". A janela do Screencast-O-matic tem de ficar aberta durante a gravação, mas basta abrirmos outro separador e gravamos aí o nosso screencast. Podemos pausar, volta atrás e gravar por cima. Quando terminamos voltamos ao site do Screencast-O-Matic onde podemos escolher o que queremos fazer com a captura: upload no próprio screencast-O-matic ou directamente na nossa conta do YouTube ou então exportá-la para o nosso computador em formato FLV, AVI ou Mp4, o que nos proporciona a possibilidade de, posteriormente, a editarmos como quisermos.

Como usar Screencast-O-Matic nas aulas?
Screencast-O-Matic pode ser utilizado para criarmos uma série de vídeos de instrução sobre os mais variados tópicos, desde como fazer pesquisa a como funciona um determinado programa que queremos que os nossos alunos utilizem. Seria interessante pedir-lhes para criarem um screencast sobre uma das ferramentas da web 2.0 e como eles a utilizam.

Abaixo encontram um pequeno screencast que criei no Screencast-O-Matic sobre o Soovle.


Share/Save/Bookmark

quarta-feira, 29 de abril de 2009

DoInk

Há já vários dias que DoInk aparece referido em vários blogs. Por isso decidi experimentar. DoInk permite-nos criar as nossas próprias animações. Podemos começar por explorar as animações já criadas e, após registo no site, podemos criar as nossas. Se não estão familiarizados com o Adobe Flash, aconselho vivamente que assistam aos tutorias, para ficarem com uma ideia do que podem fazer e das ferramentas disponíveis. Mas todo o processo de criação pareceu-me simples e está dependente, acima de tudo, da nossa imaginação e da nossa habilidade em desenhar e/ou conjugar os acessórios e personagens já disponibilizadas pelos outros utilizadores. Quando terminamos a animação é fácil partilhá-la quer através do envio do link ou colando o código HTML do mesma no nosso blog/site.

Como usar DoInk nas aulas?
Podemos utilizar esta ferramenta para criarmos animações que explicitem determinados tópicos abordados nas aulas, desde prática de vocabulário, a exemplificação de tempos verbais ou então podemos pedir aos nossos alunos que criem, eles próprios, as animações com o intuito de apresentarem vocabulário ou demonstrarem um determinado verbo em acção, por exemplo: andar, saltar, etc.

Abaixo encontram uma pequena animação que criei. Experimentem vocês também.

My Head is Spinning by alexgfrancisco, made at DoInk.com
Share/Save/Bookmark

terça-feira, 28 de abril de 2009

YakiToMe!

YakiToMe permite-nos converter texto para ficheiros áudio. Podemos aceder à biblioteca dos podcasts, mas para criarmos o nosso próprio ficheiro audio é necessário registarmo-nos. Mas todo o processo é rápido. O site disponibiliza várias línguas - Inglês, Alemão, Espanhol e Francês, possibilitando inclusive a escolha entre vozes e pronúncias diferentes. Através do YakiToMe é possível converter: doc (MS Word), pdf (Adobe PDF), txt (Plain ASCII text format), html e xml (xml feed -- Atom, RSS 0.96, RSS 1.0, RSS 2.0) para formato mp3 ou wav. Depois podemos partilhar os ficheiros criados, colocando o link no nosso site ou enviando-o por e-mail.

Como usar YakiToMe nas aulas?
Esta ferramenta é óptima, pois facilmente convertemos os nossos documentos em ficheiros áudio. Assim que, os nossos alunos podem ouvir as tarefas que mandamos para TPC, as fichas de trabalho que elaboramos, as histórias que eles criaram ou podem eles próprios aceder ao site e converter as notas e resumos que prepararam para estudar para os testes e ouvirem-nas no seu Ipod. YakiToMe é uma mais valia para todos os alunos, sendo de realçar que é uma ferramenta que poderá melhorar em muito a maneira como ensinamos e colaboramos com os nossos alunos invisuais.

Cliquem na imagem abaixo para ouvirem um exemplo. :)



Share/Save/Bookmark

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Karaokeparty

Karaokeparty permite-nos aceder online a um manancial de músicas que farão as delícias de qualquer um de nós. Para termos acesso a todas as músicas é necessário registarmo-nos, mas basta introduzir um endereço de e-mail e um nome de utilizador e prontamente temos acesso a tudo. Seleccionamos a música que queremos, ajustamos o microfone e estamos prontos a começar.

Como usar Karaokeparty nas aulas?
Utilizar música para ensinar é algo que sempre se fez. Este site permite-nos, de uma maneira muito fácil, ter acesso a canções que podemos utilizar, não só para rever vocabulário, mas também para introduzir tópicos ou simplesmente levar a efeito uma actividade lúdica, em que os nossos alunos praticam a língua, podem usar de "Total Physical Response", se assim o quisermos, e divertem-se. Que mais se pode pedir? :)

Abaixo encontram um screenshot do Karaokeparty. Acedam, aprendam e divirtam-se.


Share/Save/Bookmark

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Write or Die

Write or Die visa ajudar-nos a desenvolver a nossa capacidade de escrita. Não é necessário qualquer registo, basta aceder e estabelecer os parâmetros que queremos atingir. É uma simples actividade de escrita online que nos permite estipular limites de tempo e número de palavras a serem escritas. Podemos seleccionar vários modos/níveis, sendo o mais fácil o Gentle Mode - que nos dá um certo tempo quando paramos de escrever e avisa-nos para continuarmos a escrever; o mais difícil é o Kamikaze Mode, onde se pararmos de escrever o nosso trabalho será gradualmente apagado. A tarefa só é dada por terminada quando o tempo acaba ou quando alcançamos o limite de palavras estipulado. No entanto, há que ter em atenção que o Write or Die não é um editor de texto. O objectivo é, acima de tudo, encorajar a escrita, a correcção da mesma é um aspecto secundário, a ser tratado após se ter alcançado o objectivo - escrever o texto. Para corrigir e editar o texto há que copiar e colá-lo num editor de texto (por exemplo: Word, Open Office, etc).

Como usar o Write or Die nas aulas?
Esta actividade poderá ser utilizado em qualquer aula de línguas para estimular a escrita. Podemos pedir que alcancem o tempo e número de palavras estipulado, numa actividade de escrita livre. Podemos organizar um concurso para ver quem escreve mais, em x tempo e conforme os nossos alunos forem desenvolvendo a capacidade de escrita, podemos ir exigindo mais qualidade do texto criado.

Abaixo encontram um screenshot do Write or Die. Experimentem-no com os vossos alunos.


Share/Save/Bookmark

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Kakomessenger

kakomessenger é uma forma divertida de criar textos curtos. Não é necessário qualquer registo, basta aceder ao site, introduzir o nosso texto, seleccionar a personagem que queremos utilizar (há duas disponíveis) e rapidamente vemos o nosso texto transformado em telegrama cantado. Depois de pronto podemos enviá-lo por e-mail ou então optar por gravar um pequeno screencast e colocá-lo no nosso site/blog.

Como usar kakomessenger nas aulas?
Como comecei por dizer o Kakomessenger é uma forma divertida de criar pequenos textos. Assim que, os nossos alunos podiam, pela altura de ocasiões festivas - Natal, Páscoa, etc -, criar uma pequena mensagem para enviarem aos colegas, aos pais e ao professor. Desta maneira, praticam a escrita e desenvolvem a criatividade através de uma actividade lúdica. Podemos inclusive organizar um concurso para ver qual a mensagem/texto mais original.

Abaixo encontram um screencast de uma mensagem que criei no Kakomessenger. Tentem vocês também.



Share/Save/Bookmark

quarta-feira, 22 de abril de 2009

QuizEgg

QuizEgg permite-nos elaborar testes online. Um pouco à semelhança do EasyTestMaker, mas mais sofisticado. É necessário registarmo-no no site, que disponibiliza uma conta grátis, com a qual podemos criar 3 testes e uma conta paga (cerca de 30 euros anuais) que nos deixa criar um número ilimitado de testes. No QuizEgg podemos criar seis tipos de exercício diferentes: escolha múltipla, verdadeiro ou falso, resposta múltipla, espaços em branco, lista de palavras e criação de texto. Todos os tipos de exercício, com excepção da criação de texto, são automaticamente corrigidas. Podemos modificar os padrões do exercício como quisermos. Assim, entre outras coisas podemos estabelecer quantas vezes um aluno pode fazer o teste e permitir ou não que este salve o teste e depois possa retomá-lo.
Os testes elaborados são automaticamente publicados. Não sendo necessário fazer o upload de qualquer ficheiro. Após publicação, os testes ficam acessíveis através de uma URL única, à qual os nossos alunos acedem para responder ao teste ou então podemos imprimi-lo. O QuizEgg já corrige o teste e apresenta-nos os resultados numa grelha, referindo, por exemplo, quem fez o teste, que pontuação teve, que questões os alunos falharam, quanto tempo demoraram a fazer o teste, etc.

Como utilizar QuizEgg nas aulas?
Mesmo na versão grátis o QuizEgg é uma ferramenta muito útil, principalmente porque está vocacionado para ser utilizado online, sem que nós tenhamos de ter grandes conhecimentos de informática. Podemos criar testes tendo em mente as dificuldades específicas de uma turma. É óptimo para ser utilizado nos apoios individuais. E como podemos proteger os testes criados através de password não precisamos de nos preocupar com o aluno x aceder ao teste da turma y.

Clique aqui para aceder a um teste que criei só para servir de exemplo. Como poderão verificar, podem utilizar o quizegg em português também. :)

Share/Save/Bookmark

terça-feira, 21 de abril de 2009

JotForm

JotForm foi mencionado hoje no site Makeuseof.com. Permite-nos criar inquéritos, formulários e questionários de uma forma muito simples e intuitiva. Registamo-nos no site e facilmente criamos variados formulários. Podemos utilizar e alterar os que estão disponíveis no site ou criar os nossos de raíz. É possível adicionar caixas de texto, menus pendentes, caixas de verificação etc. Após estar concluído, partilhar o formulário não é problema já que podemos colocá-lo no nosso site ou enviar via e-mail ou sms a URL do mesmo. Também podemos partilhar os resultados , já que o JotForm efectua o tratamento da informação e permite-nos organizá-la para consulta posterior.

Como utilizar JotForm nas aulas?
Desde a criação de inquéritos para auto e hetero avaliação de conhecimentos adquiridos à criação de formulários e questionários para levantamento de uma série de informações pertinentes, o JotForm é, sem dúvida, uma ferramenta que nos proporciona uma forma fácil e viável para levar a cabo a realização de vários estudos. Podemos inclusive pedir aos nossos alunos que organizem e criem os seus próprios inquéritos para posterior aplicação à turma, aos pais e à restante comunidade escolar.

Abaixo encontram um exemplo muito simples que criei no JotForm.

Share/Save/Bookmark

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Cloze Test Creator

O Cloze Test Creator é outro site que nos permite criar exercícios online. Não é necessário fazer qualquer registo no site. Mas apenas podemos criar exercícios de espaços em branco. Inserimos ou colamos o texto e depois seleccionamos a classe de palavras a serem eliminadas - por exemplo, verbos, artigos, pronomes, etc. Podemos optar por salvar o teste como um documento ou como uma página html. Neste segundo formato o teste é interactivo e vai assinalando os erros cometidos.

Como utilizar Cloze Test Creator nas aulas?
O Cloze Test Creator é uma forma óptima para adquirir vocabulário, sendo também uma excelente oportunidade para consciencializar os nossos alunos da maneira como as palavras interagem e que classe de palavras, regra geral surgem juntas.

Abaixo encontram screenshots do Cloze Test Creator. Experimentem-no.

Share/Save/Bookmark

sexta-feira, 17 de abril de 2009

EasyTest Maker

O EasyTestMaker permite-nos criar testes online. Os passos a seguir são muito simples e podemos criar vários tipos de teste: escolha múltipla, preencher os espaços em branco, fazer correpondências, verdadeiro ou falso e respostas curtas. Podemos optar por criar testes com um único tipo de exercícios ou então podemos seleccionar vários tipos de exercício para o mesmo teste. Também é possível inserir instruções e dividir os testes em secções. Após a conclusão do teste podemos facilmente criar uma página de respostas do mesmo, bastando para isso clicar em "Print Answer Sheet". É necessário registarmo-nos no site, mas não há limite para o número de testes que podemos criar, quer na versão grátis quer na paga - a subscrição anual é de cerca de 10 euros. Se apenas utilizarmos a versão grátis podemos salvar os nossos testes, mas apenas podemos imprimi-los, enquanto que se utilizarmos a conta paga podemos criar versões alternativas do mesmo teste, podemos copiar questões de outros testes para criar um novo teste e podemos fazer o download do teste no formato word.

Como utilizar o EasyTestMaker nas aulas?
O EasyTestMaker é particularmente útil para elaborarmos testes rápidos sobre os mais variados tópicos e como nos permite imprimir a página das respostas facilita a correcção do mesmos. Pode ser utilizado para criar exercícios específicos para alunos em particular. Até podemos pedir aos nossos alunos que criem eles próprios testes para depois aplicarem aos colegas.

Share/Save/Bookmark

quinta-feira, 16 de abril de 2009

TubeChop

TubeChop é mais uma ferramenta de grande utilidade. Como o próprio nome indica o TubeChop permite-nos cortar partes específicas de um vídeo do YouTube. Todo o processo é muito simples. Basta aceder ao site, introduzir a URL do vídeo que queremos editar e depois seleccionar e cortar a parte que nos interessa. Após isto facilmente partilhamos a nova versão do vídeo com quem quisermos através das redes sociais, já que podemos optar por embeber o novo vídeo no nosso site/blog ou apenas partilhar o link para o mesmo.

Como utilizar TubeChop nas aulas?
Quantas vezes encontramos um vídeo que até gostamos e queremos utilizar nas aulas, mas que é demasiado longo? Através desta ferramenta, facilmente seleccionamos a parte mais engraçada, mais interessante, mais representativa, enfim a parte que mais nos interessa, seja lá porque razão for, e divulgamos apenas isso.
Abaixo encontram dois vídeos. O primeiro é a versão editada através do Tubechop e o segundo é o original chamado ShiftHappens, que aconselho vivamente que vejam na íntegra.



Share/Save/Bookmark

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Text2PDF

Text2PDF é um site que nos permite criar ficheiros PDF online. Não é necessário registar-se no site, nem instalar qualquer software no nosso computador. O Text2PDF permite-nos rapidamente introduzir o nosso texto e depois fazer o download do mesmo como PDF. Se quisermos ter acesso a todas as opções de formatação de um documento word, o próprio Text2PDF sugere uma visita ao site http://pdfmaker.co.cc que nos disponibiliza essas opções.

Como utilizar o Text2PDF nas aulas?
Este site facilita a criação de texto em formato PDF. É óptimo quando queremos partilhar algum documento, só de leitura, com colegas ou alunos, sem que nos tenhamos de preocupar com grandes conhecimentos de informática. Quando os nossos alunos têm que efectuar algum trabalho escrito, mas por alguma razão não têm acesso ao Word ou ao Open Office, o Text2pdf é, sem dúvida uma opção viável. Mas, como é óbvio não se compara a um Google Docs ou um Zoho.

Abaixo encontram um PDF (uma lista dos meus favoritos no Delicious) criado no Text2PDF.

Share/Save/Bookmark

terça-feira, 14 de abril de 2009

Telescopic Text

Foi através de K. Tenkely que fiquei a conhecer o Telescopic Text que é um site que nos permite explorar a expansão de frases para se criar textos complexos. Não é necessário qualquer registo, basta aceder e cada vez que se clica sobre uma das palavras em destaque o texto expande. A frase incial é "I made tea", mas assim que se clica sobre "I" esta passa a "Yawning, I made tea". A frase vai-se expandindo sucessivamente conforme se vai clicando sobre as palavras.

Como utilizar o Telescopic Text nas aulas?
Como é óbvio, este site é óptimo para ensinarmos os nossos alunos sobre expansão de frases, começando com uma frase simples e tornando-a cada vez mais complexa até criarmos um texto. Depois de os deixarmos explorar o site, esclarecer o processo de expansão podemos pedir-lhes que também eles criem um texto a partir da expansão de uma frase.

Abaixo encontram screenshots de expansões sucessivas.
Share/Save/Bookmark

segunda-feira, 13 de abril de 2009

I Need to Read This

I Need To Read This é uma ferramenta muito útil, já que nos permite guardar páginas web para uma leitura posterior. Basta criar uma conta e podemos começar a adicionar itens à nossa lista de leitura. É particularmente útil para aqueles de nós que recebem actualizações de vários blogs e sites e que, por vezes, não têm tempo para lê-los todos na hora. Além de que se encontrarmos um bom artigo podemos guardá-lo no I Need to Read This, sendo mais fácil localizá-lo mais tarde.

Como utilizar o I Need to Read This nas aulas?
Se quisermos, por exemplo organizar uma lista de leituras sobre um determinado tópico, o I Need to Read This poderá certamente ajudar-nos. Se incentivarmos a sua utilizaçõs entre os nossos alunos eles só beneficiarão com isso.
Abaixo encontram um screenshot do I Need To Read This. Acedam e experimentem.



Share/Save/Bookmark

segunda-feira, 6 de abril de 2009

File Dropper

File Dropper é um site que nos permite fazer o upload de documentos (até 5GB) online, que depois podemos partilhar com quem quisermos. Não é necessário qualquer registo no site e todo o processo é simples, passando apenas por duas fases:1ª upload do documento e 2ª partilha da URL que nos foi atribuída.
File Dropper oferece ainda ao utilizador a possibilidade de aderir a uma conta no site, disponibilizando 3 tipos de conta diferentes: a de 99 cêntimos com 5GB, a de 5 dólares com 50 GB e a 10 dólares com 250GB. Registar-se tem as vantagens de se poder guardar e organizar todos os ficheiros, adicionar passwords para protegê-los, marcá-los como privados e apagar os que não nos interessam.

Como utilizar File Dropper nas aulas?
File Dropper é óptimo quando os nossos alunos têm trabalhos para partilhar entre si, quando querem guardar informação que recolheram para depois acederem em qualquer computador. É uma forma muito fácil de acabar com as desculpas como: "esqueci da minha pen em casa" ou "o trabalho está no computador do aluno x ou y"

O site www.bspcn.com publicou um artigo onde apresentou 28 sites onde se podem guardar ficheiros online. Sigam as hiperligações apresentadas, verifiquem o que cada um tem para oferecer e seleccionem aquele que mais se adequa às vossa necessidades.

Share/Save/Bookmark